ando a rever os episódios…

© google
[se bem que, no Presente, seja de todo impossível para mim dissociar o episódio IV da série Star Wars | Guerra das Estrelas, dessa genial e para sempre intemporal rábula de Mel Brooks spaceballs, e também do que Seth MacFarlane concebeu para Family Guy, em blue harvest (e posteriormente em something, something, something, dark side e it’s a trap!)]
Anúncios

das (im)previsões meteorológicas…

© Google
(clicar na imagem para ampliar)

caríssima(o),
numa altura do ano desportivo em que no pasa nada de extremamente relevante – i.e., em que o esférico ainda não rola em pleno sobre a relva -, e em que, no singelo espaço de quinze dias, as previsões de um canal de meteorologia francês mereciam uma baguette num sítio onde o Sol definitivamente não brilha em quem as subscreveu e/ou replicou em tudo que foi telejornal e/ou rede social, confesso que só se está (muito) bem junto à água.
como esse período de tempo (tão ansiosamente desejado…) ainda está demorado, e porque está um incómodo calor que custa a suportar – logo e por inerência, a colocar o Tico e o Teco a trabalharem convenientemente, sobretudo quando fica extremamente difícil encher chouriços de uma forma que não fira a inteligência de quem visita este espaço de discussão pública (excepto para os teimosos dos lampiões, que por aqui persistem em gravitar)concebendo postas de pescada“® para uma aprazível leitura, e como já o referi anteriormente -, eis que dei por mim a desejar estar junto de uma piscina. ou na praia. junto de água, vá.
infelizmente tal não será fácil de se concretizar, pelo que me vou contentando com a ventoinha instalada cá na labuta – e não!, ventoinha não é um qualquer eufemismo que possa remeter para uma qualquer bimba.
acontece, porém, que a minha mente perversa empenha-se (bem) mais do que o Tico e o Teco atrás referidos, pelo que imediatamente me lembrei de uma cena intemporal, de uma diva icónica, plena de sensualidade.
na segunda parte desta já muuuitooo loooong… desta posta de pescada“®, numa série de cinco imagens e de um inédito, seguem algumas das fotos memoráveis que captaram aquele momento
espero que sejam tão belas para TI como foram bastante sugestivas para mim 😀
é logo depois do símbolo do faceboKas“®, bastando clicar em «‘no pare, sigue, sigue’» 😀 

somos Porto!, car@go! 

«este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

beijinhos e abraços sempre, mas sempre!, muito portistas!

Muito Obrigado! pela tua visita 🙂

sugestão musical: 

© Google

(clicar na imagem para ampliar)


© Google

(clicar na imagem para ampliar)


© Google

(clicar na imagem para ampliar)


© Google

(clicar na imagem para ampliar)


© Google

(clicar na imagem para ampliar)


© Google

(clicar na imagem para ampliar)

hoje, mais do que guerreiros…

… temos que ser Dragões!
e não nos poderemos deixar “caçar” – i.e., deixar enlevar ingenuamente por todos os “cantos de sereia” que fomos ouvindo ao longo da semana.
é que os “caçadores ‘andem’ aí” – como este burgesso das madeixas, que nem falar direito sabe...

ps:

para quem (ainda) não sabe quem é a menina guerreira que embeleza esta “posta de pescada”®, aqui vão mais duas pistas (em nada) acidentais (e muito sensuais), seguidas de mais uma (bela) foto:
i)
interpretou a personagem “Xena: a Princesa Guerreira“, em meados da década de 90′
ii)
personificou “Lucretia“, na série da FOX “Spartacus: os deuses da arena“, e na sequela “Spartacus: a vingança
iii)
a foto que se impõe:

beijinhos e abraços (muito portistas e muito “guerreiros”)!
Muito Obrigado! pela tua visita 🙂

o mundo do cinema está mais pobre…

 © Google
caríssima(o),
fui surpreendido com a notícia do desaparecimento precoce da holandesa Sylvia Kristel – protagonista principal da saga “Emmanuelle“, iniciada nesse (agora “jurássico”) ano de 1974.
tinha 60 anos (uma jovem, portanto. e não estou a ser irónico).
as novas gerações (aquelas posteriores a 1990) certamente que não saberão o que representou aquela saga para as que as precederam. apenas refiro que, na altura, o conceito de Internet era tão vago quanto o que resta de inteligência, de sensibilidade e de bom senso no cérebro de (digamos) o palhaço do car(v)@lho que nos (des)governa
ao que consta, Sylvia Kristel faleceu «durante a noite, enquanto dormia», vítima de cancro no estômago. 
paz à sua alma.

prognóstico para hoje

© Bruno Sousa

«
William:
Filhos da Escócia, eu sou William Wallace.

jovem guerreiro:
William Wallace tem tem dois metros de altura.

William:
Sim, eu já ouvi. E ele mata os homens às centenas. E se ele estivesse aqui, ele ia consumir os ingleses com bolas de fogo, saídas dos seus olhos e raios de luz de sua bunda.
Eu sou William Wallace, e vejo um exército inteiro de meus compatriotas aqui em desafio da tirania. Vocês vieram lutar como homens livres, e homens livres vocês são.
O que vocês vão fazer com essa liberdade? Ireis lutar?

guerreiro veterano:
lutar contra “aquilo”?
[exército inglês em número bastante superior aos rebeldes escoceses]
Não! Nós vamos correr e iremos (sobre)viver!!

William:
Aye!
Lutem e podereis morrer; corram e vivereis. Pelo menos por algum tempo.
E
morrendo nas vossas camas, daqui a muitos anos, estaríeis dispostos a trocar todos os dias deste dia para que, por uma chance, apenas uma chance!, para voltar aqui e dizer aos nossos inimigos que podem tirar nossas vidas, mas eles nunca tomar nossa liberdade?

Alba gu bra! [gaélico para “Escócia para Sempre”!]
»
o filme:Braveheart“.
o actor: Mel Gibson.
a cena:speech” (discurso épico).  

e há este discurso épico que espero que sirva de factor motivacional extra para o importante encontro de logo à noite, na Pedreira! 😉
 
«Lutem e podereis morrer; corram e vivereis. Pelo menos por algum tempo.»
épico…
beijinhos e abraços (nada tiranos)!
e Muito Obrigado! pela tua visita 🙂