do ‘brasão abençoado’ do dia (e outras estórias. curtas, curtinhas)…

© pasquim do ‘sinhôre‘ serpa

(clicar na imagem para ampliar)

a mesma imagem com maior resolução aqui ]
caríssima(o),
considero que, depois da faladura do dragão Pedro Marques Lopes, no seu último BRASÃO ABENÇOADO (aqui), «tudo está consumado», no sentido em que nada mais haverá para falar. ou pelo menos, muito pouco…
assim sendo, para mim, o que no actual quotidiano desportivo me verdadeiramente incomoda é a «gloriosa» benesse que o lampião Costa se prepara para conceder à agremiação de Carnide. afinal, vai-se a ver, não serão 1,8 milhões de euros mas aproximadamente 5 milhões de euros por «infra-estruturas urbanísticas» que estão construídas de forma ilegal, numa trafulhice que abrange mais do que uma cor político-partidária:
a mesma imagem com maior resolução aqui ]
© pasquim do ‘sinhôre‘ serpa
(clicar na imagem para ampliar)

a mesma imagem com maior resolução aqui ]
muito interessante, não é? pelo menos, para mim assim parece ser…
não questiono a legitimidade que deverá assistir à agremiação de Carnide, naquele pedido de isenção; o que me espanta, é o conluio camarário nesta questão, pela parte de quem tanto esperneou quando assumiu o poder da Câmara Municipal da capital do Império e herdou um buraco financeiro de 84 milhões de euros
e, vai daí, talvez não, que estamos em pré-período-a-anteceder-pré-campanha-para-as eleições-legislativas, e «seis milhões» de votos são preciosos para uma eventual maioria…

e o que têm a dizer as luminárias lampiónicas da praxe sobre este assunto?
eis um exemplo exemplarmente exemplar:

© pasquim do ‘sinhôre‘ serpa

(clicar na imagem para ampliar)

a mesma imagem com maior resolução aqui ]
se dou de barato a questão do André Simões numa situação em que, mais uma vez, se comprova que não pode haver profissionais de futebol que sejam simultaneamente adeptos do FC Porto pois que tal poderá configurar um crime de lesa pátria , o que realmente me revolta é o regresso da falaciosa contra-argumentação lampiónica com esse recurso sistemático aos quinhentinhos do Centro de Estágios do Olival.
como se comprova aqui, tal não passa mesmo de (mais) um wishful thinking

por último, agradeço ao Carlos a partilha, via comentário, da muitíssimo pertinentemente interessante imagem que a seguir se divulga à saciedade:

© carlos

(clicar na imagem para ampliar)

a mesma imagem com maior resolução aqui ]
e não!, não me refiro à questão dos insultos os quais, só demonstram o tipinho de pessoinha que é o burro do Carvalho. antes fez-me (sor)rir a referência à questão dos «três minutos de atraso».

de facto, karma is a bitch!

disse!
Anúncios

2 pensamentos sobre “do ‘brasão abençoado’ do dia (e outras estórias. curtas, curtinhas)…

vocifera | comenta | sugere

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s